Autora: Camila Dornas
Gênero: Romance
Obra no Orelha de Livro: aqui
Quantidade de páginas: 334
Classificação: 5/5
"Acredito que todos nós somos como um vulcões dormentes. Que, a cada novo problema, vamos acumulando pressão até atingir um ponto de colapso e entrar em erupção."
O que fazer quando você se apaixona perdidamente por uma história? Quando os personagens te cativam de tal modo que você passa a sentir na pele todas as suas emoções? Quando seu peito explode de orgulho por ter tido a oportunidade de conhecer um livro tão bacana, em meio a tantos outros existentes por aí? Exagero meu estar dizendo tudo isso? Não acho.

Logo no primeiro capítulo, somos transportados para a Londres do século dezoito, uma época tão linda no que diz respeito aos trajes elegantíssimos e perfeitos, carruagens e pronomes de tratamento significando o mais puro respeito, e ao mesmo tempo tão ridícula pelo simples fato das mulheres serem tratadas como o sexo frágil e submisso e na maioria das vezes agirem como tal. Gênero este que não serve para nada além de gerar filhos e honrar o marido, no pensamento da sociedade daquele momento histórico. Gente, para vocês terem uma ideia, uma mulher ficar sozinha com um homem no qual não pretende casar, era considerado uma espécie de pecado mortal. E é no meio disso tudo que conhecemos Evangeline Benett.

Evangeline é uma moça que definitivamente não se encaixa nos padrões que a sociedade da época exige, em termos de comportamento. Se ela quer fazer algo, acaba por fazer e dane-se o que acham ou pensam. Sendo que antes de cometer qualquer ato, pensa em suas consequências e se prepara para encará-las. Sempre sem abaixar a cabeça. Seja em qualquer circunstância. Além do mais, é do tipo de personagem forte, decidida, atrevida, ousada, teimosa e acima de tudo, poderosa. Em todos os sentidos possíveis.


É impossível não ficar na torcida por ela e sua paixão proibida. Impossível. No início, até fiquei meio relutante em aceitar o sentimento que só crescia dentro dela, apesar de ter me visto pensando em certos olhos azuis também. Todavia, com o decorrer da leitura e dos acontecimentos, tudo foi ficando mais convincente até o ponto de eu querer entrar na história e abraçar os dois. 

"Era possível que o mundo inteiro de uma pessoa se resumisse a estar com o outro alguém? Não, era impossível, mas estava acontecendo."
Desde o momento em que li a sinopse deste livro, percebi que devia lê-lo. Lembro que comentei isso com alguém. Sabia que iria gostar, porque se já amo ler romances, imagine com toques de fantasia? Bruxas e dons sobrenaturais são fatos que me atraem feito um ímã. E também o que achei legal, foi que até então não havia lido um romance de época. Gostei bastante do que encontrei, de verdade. Apesar de muitas pessoas terem criticado alguns dos elementos históricos, pelo fato de aparentemente não serem condizentes com o período retratado no enredo. Particularmente isso não me incomodou, pois como dito anteriormente, esta foi a minha primeira experiência com livros assim. Que eu me lembre, pelo menos. Portanto, com o que iria me incomodar?

Camila Dornas conseguiu me fazer realmente odiar os vilões presentes na história e amar com todas as minhas forças os mocinhos, e não me lembro disso ter ocorrido antes, uma vez que até então os malvados nunca me convenceram dos seus espíritos ruins e capacidade de fazer coisas terríveis. Também pudera, não é? Depois de conhecer o possessivo e arrogante do Hector e o tirano estúpido do Julian, como não odiá-los e não ficar com vontade de pisar na cabeça deles?

A história é composta por um número considerável de personagens, mas Geneviene, Albert, Henry, Morgana e Thomas são os que ganharam um espaço no meu coração e vão deixar saudades. Sendo que a primeira, melhor amiga da protagonista, apesar de parecer muito com a sua best, me conquistou por ser única. Não sei outra forma de descrevê-la, além de ousada e sem noção do perigo. O segundo, por ser uma espécie de cafageste do bem. O terceiro, por ser perfeito, sincero, lindo, deus grego e digno de muitos suspiros. E muito corajoso e fofo também. Não, não estou nutrindo outros tipos de sentimentos por ele. Tudo bem, talvez eu esteja. Enfim, vamos seguir? A quarta, por fazer o papel de mãe que a Evangeline nunca conheceu, diante de seu falecimento precoce, quando ainda era pequenina. Realmente me encantei com ela, seu jeito materno para com sua filha de criação e amor tão puro. E o quinto, por ter me deixado curiosa quando o conheci e por ter me emocionado bastante.

Vocês não sabem o quanto eu amei ler este livro. Acompanhar as aventuras dos personagens, seus dramas e paixões foi maravilhoso. Enquanto lia, não sentia vontade alguma de pausar a leitura, embora isso tivesse que ocorrer por conta da minha vista doente. De qualquer forma, as páginas pareciam ganhar vida própria a cada virada e a minha vontade de saber mais só crescia. O que mais me chamou atenção e me deixou perplexa, foi perceber que essa é a obra de estreia da autora.

Neste enredo, encontramos uma mistura de romance, sensualidade, ação, drama, fantasia, mistérios e muitas surpresas. Todas as vezes em que retomava a leitura, me via completamente dentro da história, esquecendo de qualquer problema e até mesmo de onde estava. Os personagens bem construídos contribuíram muito para que isso ocorresse.

Esse é um livro digno de nota máxima e que precisa ser lido ao menos uma vez por todos aqueles que amam romances. Sério, é incrível como a autora conseguiu colocar vários ingredientes diferentes nesta obra e me fazer sentir todos os tipos de emoções. Além do mais, as mensagens que a autora passa ao leitor com o decorrer da leitura são bem interessantes. A questão da mulher ter tanto direito quanto o homem de ser e fazer qualquer coisa, derrubando esse pensamento antigo patético de que somos o sexo frágil, o fato de o amor verdadeiro ter a liberdade de surgir em meio às diferenças de classes sociais e o valor da amizade sincera, foram as que mais me tocaram e me deixaram pensativa.

No que diz respeito aos dados técnicos, a narrativa é feita em primeira pessoa, as folhas são amareladas e a fonte tem um tamanho razoável. A revisão que deixou a desejar com muitos erros bobos de ortografia foi o único ponto negativo pra mim. Nem mesmo a questão das cenas mais quentes entre um determinado casal me incomodou. Só fiquei com a face bem corada. Tipo um tomatinho mesmo. Preciso dizer que super recomendo? 

"Forcei uma expressão calma e desinteressada no rosto. Se era assim que ela queria jogar, então assim seria. Eu havia me tornado muito boa em esconder o que sentia e pensava ao longo dos anos, mascarando meu rosto para não refletir nada do que se passava no meu interior. Boa em fazer os outros acreditarem que eu era a filha perfeita e inocente do grande marquês de Winchelsea. E boa demais em vencer qualquer um em seu próprio jogo."

36 Comentários

  1. Jennifer, curti muito a premissa da história, por não se passar nos dias de hoje, por haver um romance proibido! Eu que sou apaixonada por romances me senti mais do que na obrigação de lê-lo!

    Beijos,
    Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Caroline! Fico muito contente em saber que gostou. Uma delícia essa combinação, não é? Ai, que bom! A Camila e a literatura nacional agradecem!
      Um beijo.

      Excluir
  2. Nunca tinha ouvido falar desse livro. Adoro histórias ambientadas em séculos passados e também amo fantasia, então acho que vou gostar desse livro já que ele traz as duas coisas hahaha!

    Beijos
    http://aquelaborralheira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jana! Sério? Vai gostar mesmo! Espero que tenha a oportunidade de lê-lo muito em breve.
      Um beijo!

      Excluir
  3. Oi, tudo bom?
    Jen, senti tudo que você disse na resenha, assim como você eu amei
    o livro e muito digno de ser lido como romance, uma história linda. Eu ficava muito na duvida entre alguns personagens, sempre me surpreendia.
    Adorei a resenha e lindo seu blog.
    Bjs*-*
    Poliana Araújo
    Território das Garotas
    twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Poliana! Tudo ótimo e com você?
      Eba! Que ótimo. A Camila escreve pra caramba, né?
      Muito linda, mesmo.
      Obrigada! Fico muito contente com os seus comentários!
      Um beijo!

      Excluir
  4. Que capa linda!

    "Quando os personagens te cativam de tal modo que você passa a sentir na pele todas as suas emoções?"
    Faz tempo que não leio um livro assim, sinto falta.

    Sociedade naquela época (e um pouco ainda nessa)
    era muito ignorante e machista, só de pensar no
    tratamento em relação as mulheres dá uma baita
    raiva.

    Obaaaa, até que enfim uma personagem forte e decidida.
    Ultimamente eu só vi histórias com a principal
    frágil, indecisa e completamente inútil (tipo de
    personagem que odeio).

    Bruxas? Dons sobrenaturais? Romances? Curti mil
    vezes *-*

    Adorei a resenha e com certeza esse vai para a lista
    de leitura.

    Beijos, seguindo seu blog (adorei o visual, muito
    bom para ler).

    Babih Hilla
    http://revolucionandogeral.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Babi! Verdade, a capa deste livro é maravilhosamente bela. Super recomendo esse, menina! De verdade mesmo. Não gosto de marketing falso e barato.
      Nem me fala. Somos duas!
      Ai, que bom. Fico muito contente, pois a escrevi com muito carinho, mesmo. Espero que tenha a oportunidade de lê-lo e curtir tanto quando eu!
      Obrigada! Passarei no seu depois, hihi. Ah, que bom! Penso sempre nisso.
      Um beijo!

      Excluir
  5. Já tinha ouvido falar desse livro e pensado em ler, mas nunca tive a oportunidade.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flávia. Espero que tenha a oportunidade neste ano ainda, pois ele é incrível demais!
      Um beijo.

      Excluir
  6. Parabéns pela resenha Jeni! Já li A Linhagem e curti bastante. Apesar de alguns deslizes no que concerne ao contexto histórico do livro, a trama da Camila Dornas é ótima e envolvente. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, nessa! Obrigada! Eu lembro que comentou comigo isso. Concordo com você!
      Um beijo.

      Excluir
  7. ja li tantas resenhas positivas sobre esse livro que to louca pra ler o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida! Ele é realmente digno de notas e resenhas positivas. Espero que tenha a oportunidade de lê-lo ainda neste ano!
      Um beijo.

      Excluir
  8. Vou ser sincera, não gostei muito desse livro quando o li. Achei os personagens estereotipados, o enredo fraco e falhas sobre a época em que o livro se citua. De qualquer maneira, fui a única a ter uma resenha negativa.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! Sério, cara? Que pena! Mas gosto é gosto. E respeito o seu, apesar de ter amado a leitura.
      Um beijo.

      Excluir
  9. Jeni, que linda!
    Eu estou louca para ler esse livro, desde que li a primeira resenha dele.
    Sua resenha foi quase palpável. Sério! Me senti apaixonada só de ler!
    Beijos!!
    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Soraya! Te entendo perfeitamente, hehe. Quando li a primeira resenha dele, quase enlouqueci. Fiquei super curiosa.
      Ai, que ótimo! Fico muito feliz!
      Um beijo.

      Excluir
  10. Gostei da resenha quero ler!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza! Fico muito feliz que tenha gostado!
      Um beijo.

      Excluir
  11. Oii, tudo bom?
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei bem curiosa. Adoooro romances de época, ainda mais quando eles têm um toque de sobrenatural! Mas, como leio bastante do gênero, acho que me incomodaria ela ter colocado na obra coisas que não condizem com a época da história.
    Bom, vou pesquisar mais sobre o livro, quem sabe eu acabe comprando mesmo =)

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thaís! Tudo ótimo e com você?
      Sério? Que bom que te deixei curiosa! Gosto muito disso, hehe.
      Entendo você... como disse anteriormente, esse é o primeiro que li, então não teria como me incomodar com isso.
      Espero que tenha a oportunidade de lê-lo e curtir tanto quanto eu!
      Um beijo.

      Excluir
  12. Amei a resenha, esse livro parece ser ótimo mesmo. Você escreve muito bem viu

    MEU CAPRICHO | YOUTUBE | FAN PAGE

    Beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mayara! Poxa, fico feliz! De verdade mesmo.
      Obrigada, querida!
      Um beijo.

      Excluir
  13. Ahh resenha linda,eu comecei a ler esse livro,mas acabei parando,mas preciso retomar a leitura,adoro romances....

    bjsss

    Bianca

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bianca! Poxa, que bom que gostou! Volte a ler sim! Espero que goste tanto quanto eu.
      Um beijo.

      Excluir
  14. Oie Jeni =)

    Já li bastante resenhas positivas desse livro, mas ainda não tive oportunidade de conferir por mim mesma.

    Acho a capa linda e espero poder conhecer a história em breve ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane! Espero que tenha a oportunidade e que goste tanto quanto eu!
      É mesmo. A capista fez um ótimo trabalho!
      Um beijo!

      Excluir
  15. Eu gostei muito desse livro. Li ele recentemente e ainda nem publiquei a resenha. Estava doida para ler ele depois de tantas resenhas positivas. Teve algumas coisas que não gostei, como o fato de ficar um pouco perdida quando mudava os capítulos e passava o tempo muito rápido. Mas fora isso a história é muito boa mesmo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Eu também, como você deve ter percebido. Realmente, muitas pessoas gostaram da história da Camila! Ah, entendo... como gostei muito do enredo e fiquei completamente dentro do mesmo, isso não me incomodou.
      Um beijo!

      Excluir
  16. Oi, Jeni.

    Li este livro ano passado e amei a escrita da Camila. Quero muito ler mais escritos dela.
    Parabéns pela resenha e por transmitir tanto do livro ao seus leitores.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda!
      Ele é incrível, não? Eu também gostei muito e quero ler outras obras futuras dela.
      Obrigada, querida!
      Um beijo.

      Excluir
  17. O que mais desperta a minha atenção nesse livro é a época em que se passa, já que gosto quando isso acontece nos livros. Apesar de a história ser de um gênero que não gosto tanto, e que já tive experiências nem tão agradáveis, acho que poderia ser uma leitura interessante se fosse sem compromisso. De qualquer forma, tenho interesse em conhecer o trabalho da Camila, já que ela é sempre muito elogiada na blogosfera :D

    Beijos, Jeni.
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ricardo! Eu não estou tão acostumada, mas até que gostei, como disse na resenha. Não tinha lido nada do gênero até então e a experiência foi interessante. Entendo você. Espero que tenha a oportunidade de conhecer o trabalho dela!
      Um beijo.

      Excluir
  18. É possível se apaixonar por um livro lendo somente a resenha? sos
    Adicionado na minha lista <3
    Preciso dele, agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aysla! Ai, que linda, gente! Eu ainda estou apaixonada pelo livro.
      Eba! Espero que tenha a oportunidade de lê-lo o quanto antes.
      Um beijo!

      Excluir

Gostou de alguma postagem? Deixe o seu comentário. Com esse pequeno gesto você vai me deixar muito feliz. Aliás, sempre respondo a todos. Se quiser conferir a minha resposta, é só voltar ao blog. Será sempre bem vindo por aqui.