Título original: Bed of Roses 
Endereços úteis: Buscapé | Orelha de Livro
Gênero: Romance americano
Páginas: 288
"O romance torna as mulheres especiais. Faz com que todas sejam bonitas e transforma os homens em príncipes. Com romance, a vida de uma mulher é tão imponente quanto a de uma rainha, porque o seu coração passa a ser precioso." Página 7
Ir com muita sede ao pote em geral acaba resultando em pura frustração. Depois de concluir a excelente leitura do primeiro volume da série Quarteto de Noivas, involuntariamente criei muitas expectativas a respeito da próxima história. E em meio a todos os tipos inimagináveis de flores, cenas bem quentes e situações divertidas, infelizmente me decepcionei.

Nesse livro conhecemos a história de Emmaline Grant, a decoradora da Votos que vive cercada diariamente por diversos tipos de flores e Jackson Cooke, um arquiteto bem sucedido que, embora sempre tenha feito parte da irmandade composta pelas meninas, nunca conseguiu evitar pensamentos um tanto quanto ousados e definitivamente amigáveis demais com a protagonista. E depois de tantos anos de repreensão, a bolha de desejo que cercam esses dois simplesmente decide explodir, fazendo com que as suas vidas banhem-se em um mar de rosas, com direito a alguns espinhos um tanto quanto sem graça, se me permitem dizer.

Cara, queria ter gostado significativamente desse livro. Queria mesmo. Mas isso não rolou por uma penca de motivos. Para começar, Emma no fim das contas não me convenceu. Sei que ela e Mackensie - protagonista do livro anterior - são pessoas bem diferentes, mas o jeito dessa garota floral é estranhamente surreal. Sério, ela não se irrita com praticamente nada, vive sorrindo, acorda jogando confetes para cima e além de tudo não tem problema algum. Nem uma espinha chata ou um dia ruim. E além do mais, algumas de suas atitudes nos últimos capítulos foram bem irritantes e soaram um pouco falsas. Quase como se tivessem sido o resultado de uma atuação mesmo. 

Porém, se a personagem principal não conseguiu me agradar, o senhor arquiteto bonitão que foge de relacionamentos sérios tirou isso de letra. Lindo, engraçado, sincero, prático e muito palpável - em todos os sentidos. Como se isso não bastasse para chamar a minha atenção, Jack tem sérios problemas com compromisso por causa de um trauma que enfrentou na infância, sendo este o divórcio de seus pais. Sei que não me encaixo exatamente nessa situação, mas acredito que viver sem a figura paterna causa o mesmo efeito terrível e prejudicial.

Assim, o desenvolvimento do enredo começou bem morninho e foi oscilando com o decorrer dos acontecimentos. Deparei-me com momentos em que pensei que as coisas fossem melhorar para que eu finalmente pudesse me ver fisgada por esse romance ardente e sensual, porém no fim das contas não consegui me envolver com essa história de amor tão doce e levemente forçada que chega a dar uma baita diabetes. Faltou mais sentimento, pé no chão, algumas doses daquele tchan - não daquele tchan, hein? - e qualquer outro fator que tornasse uma narrativa quase monótona em agradável. 

Com a graça divina a leitura não foi uma tristeza total. As outras três do quarteto inseparável - e suas personalidades definitivamente mais interessantes que a da protagonista - e o ciúme de Del por Emma, sua irmã de consideração, com Jack, o seu melhor amigo, trouxeram-me boas horas de leitura, recheadas de risos exagerados, fazendo com que não desanimasse de acompanhar a história. 

Ah! Não posso deixar de mencionar as flores. Céus, existem tantos tipos! Orquídeas, lírios, tulipas, hortênsias, margaridas e mais um monte. Esse conhecimento veio na hora certinha pra mim, porque já comprei alguns vasinhos para poder cuidar de algumas flores e não sabia quais procurar além de rosas pequenas, que acho lindas. Sem falar no trabalho fantástico que a personagem realiza em casamentos. São muitos detalhes incríveis além de buquês bombásticos, sabiam? E são inúmeras combinações e cuidados que não tinha nem noção que se deve ter para preservar essas belezinhas.

No que diz respeito aos dados técnicos, a narrativa é feita em terceira pessoa, as folhas são amareladas, a fonte possui um tamanho bom e a revisão só deixou a desejar um pouco, com alguns erros de digitação. Apesar de todos os detalhes negativos que encontrei na leitura, foi ótimo rever as meninas que tanto gosto e perceber o tamanho da força que a irmandade delas possui. Volto a dizer que foi uma pena não ter encontrado o que esperava no fim. Aliás, em uma escala de zero a cinco, essa leitura leva três. Recomendo, mas deixo como dica que não se afobem muito para evitar uma possível decepção. E que venha Bem-Casados, porque quero muito conhecer mais a fundo a Laurel, personagem que deixou evidente o seu bom humor e talento natural com os alimentos.

21 Comentários

  1. UAU
    O unico livro que li da Nora Roberts foi tesouro escondido senao me engano, mas adorei conhecer um pouco dessa série e desse livro - arquiteto bonitão VEM NI MIM POR FAVOR hahahah vou ver se dou uma passada no estande da Arqueiro e vejo se estará com um preço bacana kkk deu vontade de ler sobre casamentos nessa resenha, e sobre flores e ai, romance hahaa
    PS: voce teve duas semanas de folga apenas? meu Deus :o
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Possani! Jura? Nunca li esse livro dela. Na verdade a minha experiência com a autora começou com o primeiro volume da série Quarteto de Noivas - exemplar anterior a esse da resenha. Vem na gente, né? Hahaha! E tipo, passe mesmo e confira! Mas recomendo bastante o anterior.
      Um beijo e sim! Triste pra caramba, né?

      Excluir
  2. I've never seen a diamond in the flesh OOOOOOOOOOOOOi Lordeee , tudo bem ? HAUHAAAH
    QUE CAPA LIEENDA , eu nunca li nada da NORA e tipo sou nhé com esses romances e não gosto de personagens assim como você citou ajksjakjas , quem sabe leio na próxima lá quando tiver em um momento em que já esteja preparando para que eu for encontrar durante esse volume .
    Adorei sua resenha ♥ Preciso descobrir logo a escrita dessa autora ~vemaqui promoções ~
    Beeeijos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luan! Tudo ótimo e com você? Hehe, também acho um luxo! Jura? Álbum de Casamento, volume anterior a esse, foi o primeiro que li dela. E obrigada!
      Um beijo!

      Excluir
  3. Oi, Jeni.
    Ainda não li nenhuma livro da Nora, mas tenho bastante curiosidade. Sua resenha me fez aumentar o desejo de conhecer a forma de escrita dela, parece ótima e envolvente.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renato! Te entendo. E poxa, obrigada! Fico feliz em saber disso e saiba que é mesmo.
      Um beijo!

      Excluir
  4. Oi, Jeni!
    Faz tempos que não leio um romance. Mas acho que, nesse gênero, o que mais importa é a construção dos personagens. As histórias em si, muitas vezes, caem nos clichês, mas isso perde a importancia quando os personagens em questão são diferentes e cativantes.
    Eu também não gostei da descrição da protagonista. Personagens muito doces e sem variações de humor não condizem com a realidade ou então são meio bobos. Gosto daquelas personagens decididas, com seus momentos de raiva e ódio, amor e alegria, e com uma complexidade que nos faz pensar, ao fim, se a gente realmente as compreendeu...
    Adorei a resenha! E obrigado pela visita lá no meu blog!

    Abraços,
    Diego.

    pecasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diêgo! Sério? O último que li foi esse e faz pouquinho tempo, rs. E gosto de personagens do jeito que você descreveu: fortes e determinadas. Mas, acima de tudo, reais.
      Um beijo e muito obrigada!

      Excluir
  5. Oi Jeni, tenho muita curiosidade em ler algo da Nora Roberts mas ainda não li nada. Uma pena que o livro não te agradou tanto mas quando estamos com muitas expectativas é normalmente assim :/ Quase todos os livros que eu leio que possuem um homem que não curte relacionamentos séries, eu me apaixono por eles HUSHAHU
    Beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mandy! Entendo você, porque só conheci as suas histórias nesse ano. É triste isso, né? E super verdade. Hahuahuuahahu. São irresistíveis, na maioria das vezes!
      Um beijo!

      Excluir
  6. Eu sempre passei por Nora Roberts nas livrarias, bibliotecas e nunca dei muita atenção, talvez seja a hora, né?!

    DANCIN' OF DAYS
    http://dancinofdays.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chris! Acho que está na hora mesmo!
      Um beijo!

      Excluir
  7. Oii,

    Eu ainda não li essa série, mas já ouvi falar muito. Que pena que você se decepcionou com o livro, ultimamente eu vou sem muita sede ao pote para não me decepcionar... Um que aconteceu isso, foi o Insaciavel que é otimo e o Mordida que é a continuação muito ruim, ambos da Meg :(

    Gostei da sua sinceridade na resenha.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miranda! O que você anda fazendo é o certo mesmo; me entusiasmei muito para com essa leitura por causa das minhas impressões do volume anterior e isso foi um desastre. E sério? Nunca li nada da autora até hoje.
      Um beijo e muito obrigada, querida!

      Excluir
  8. Oi Jeni!
    Que pena que o livro não te agradou tanto. Mas ainda assim quero ler essa série!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sora! É uma pena mesmo. E tipo, te indico! Bem-Casados foi lançado esse mês pela editora. Ainda assim, quero ler!
      Um beijo!

      Excluir
  9. oie Jeni
    eu amo essa série. Muito amor por planejamento de casamentos <3 Sinto revivendo o meu grande dia.
    A Emma realmente é muito passiva hhahahaha mas eu achei legal da parte dela não ficar fazendo mimimi e ser agressiva. Porque eu teria dado um soco naquela ex dele que faz uma cena na apresentação lá rs
    quero muito ler o livro do mecânico. Aposto que será meu favorito.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jacque! Gostei muito do primeiro volume dela até agora. Muito amor mesmo! E realmente. Hasuhduashdas. Mas assim, ela não me convenceu, sabe? Infelizmente.
      Um beijo e também quero!

      Excluir
  10. Eu tô bem curiosa para ler essa série, só ouço as pessoas falarem muito bem dela. Só é uma pena que esse segundo livro não tenha sido bom o suficiente. É chato quando isso acontece.

    Beijos,
    Livro de Memórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renata! Menina, concordo com você. Pelo menos o primeiro livro foi super bonzinho, mas faz parte, né?
      Um beijo!

      Excluir
  11. Eu gostei muito de Álbum de Casamento, em especial da protagonista, mas adorei o modo com o romance principal foi desenvolvido. Li muitas resenhas de leitores, que assim como você, acabaram se decepcionando com esse segundo livro. Eu já vou ler sem grandes expectativas e espero consegui curtir melhor a leitura por isso. Ótimo resenha!

    Beijo,
    Naty.

    ResponderExcluir

Gostou de alguma postagem? Deixe o seu comentário. Com esse pequeno gesto você vai me deixar muito feliz. Aliás, sempre respondo a todos. Se quiser conferir a minha resposta, é só voltar ao blog. Será sempre bem vindo por aqui.