Título original: Born wicked 
Endereços: Buscapé | Orelha de Livro
Gênero: Romance paranormal
Páginas: 272
"Eu sigo. Caminho pela igreja, saio pela porta larga e desço para o calçamento de pedras ladeado de crisântemos brancos. Sinto-me como se estivesse sendo arrastada para o meu próprio enterro, com os enlutados em seu cortejo atrás de mim. Meu sorriso desaparece, mas mantenho a cabeça erguida." Trecho extraído da página 263 
Antes de mais nada, Enfeitiçadas é o primeiro livro da trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas, publicado pela Arqueiro. A continuação, cujo título é Amaldiçoadas já foi lançada e o último volume está previsto para esse semestre. Ainda bem que já tenho a sequência dessa história em mãos, senão lhes garanto que iria surtar. Não teve como não ficar chocada com o desfecho surpreendente desse exemplar, das reviravoltas encontradas e muito ansiosa para o conhecer o que está por vir.

Enfeitiçadas conta a história de Cate, Maura e Tess, três irmãs bruxas que precisam fazer de tudo para manter os seus dons em completo sigilo. Isso porque desde que as Filhas de Perséfone foram obrigadas a sair do poder, os Irmãos passaram a dominar a sociedade, impondo a todos as suas regras medíocres, no fundo com um medo gigantesco de que as bruxas restantes que não foram internadas em hospícios ou brutalmente mortas, retomassem os seus lugares de direito e devolvessem a todas as mulheres a liberdade que lhes foi tirada. Assim, quem é acusada de bruxaria ou apenas suspeita de possuir o dom, é afastada de tudo e todos, torturada ou morta. 

E no meio dessa complicação toda, Catherine Cahill descobre que sua vida e a de suas irmãs corre grande perigo, pois a última profecia deixada pelo oráculo antes da demolição dos templos em que ficavam, dizia que uma bruxa pertencente a um trio de irmãs com o mesmo dom, seria poderosa ao ponto de poder mudar o rumo das coisas. Porém, se caísse em mãos erradas, uma nova catástrofe viria à tona. A partir daí, escolhas podem ter o valor de uma vida, pessoas podem não ser o que parecem e a satisfação pessoal pode não significar mais tanto assim. Em quem confiar?

Gostei muito, muito mesmo dessa história - tanto que no último capítulo a emoção foi tamanha que me vi derramando algumas lágrimas. Foi muito bem desenvolvida, os personagens foram bem construídos e os temas tratados brilhantemente trabalhados. Durante as minhas horas de leitura, tive que conter gritinhos de ansiedade, uma vez que a cada capítulo uma nova surpresa apareceu para me deixar maluca. De início demorei um pouco para me envolver com a trama por conta da dedicação quase que obsessiva, embora no fundo compreensível, de Cate às suas irmãs, mas depois foi inevitável não me apegar e torcer para que tudo se ajeitasse. Acredito que para um primeiro volume as coisas aconteceram em um ritmo ótimo. 

As irmãs Cahill são bem excêntricas. Tess é uma personagem muito simpática e aparentemente ingênua, que me conquistou desde o primeiro contato. Com Maura já não foi bem assim, porque ela gosta muito de receber atenção e está o tempo todo comentando como é melhor que os outros, mais bonita, mais poderosa e coisas do tipo. Cate é outra coisa. É uma protagonista incrível, de personalidade forte e ousadia natural, capaz de mover o mundo com as mãos pela segurança de suas irmãs. E eu sei, isso é super fofinho, mas infelizmente me deu nos nervos. Queria que ela não tivesse feito questão de mencionar isso a cada acontecimento, sabe? Tirou um pouco da graça da narrativa, embora não de forma a transformar o carinho que criei por ela e a vontade de entrar na história para virar best friend de Cate. Quem sabe assim não poderia ajudá-la um pouquinho? 

Agora preciso falar sobre os Irmãos. Gente, que povo mais hipócrita, ultrapassado e idiota! Pagam de santos e adoradores do Senhor, mas acham certo "manter a fragilidade feminina longe das boas moças, que servem ao Senhor de todo coração" como eles dizem. Fala sério, com eles dominando a sociedade a mulher não tem liberdade nenhuma! Precisa usar capa o tempo inteiro para não deixar os cabelos à mostra, não pode ter pensamento próprio, não pode estudar, não pode ler determinados livros nem falar ou agir de determinados modos. Além do mais, precisa ser submissa ao seu marido, de forma a concordar sempre com tudo o que ele diz e faz. Preciso dizer que só de escrever isso meu ódio retorna? São repulsivos e tolos demais para o meu gosto!  

Enfim, Enfeitiçadas é um romance paranormal impressionante, no qual a importância da família, da liberdade e do amor são destacados de maneira única, em meio à censura dos caçadores de bruxas e do esforço que pessoas interesseiras são capazes de fazer para conquistar o poder, mesmo que para isso tenham que passar por cima de qualquer regra de bom senso ou estragar a felicidade alheia. Fala, também, de amores proibidos, sacrifícios pessoais e promessas. 

Sobre os dados técnicos, a narrativa é feita em primeira pessoa pela Cate, as páginas são amareladas, a fonte possui um tamanho mediano e a diagramação tem um detalhe especial em cada primeira folha de capítulo, que combina muito o clima da trama. Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da Jessica Spotswood e não consegui me afeiçoar muito bem. Aliás, em uma escala de zero a cinco, essa leitura leva cinco e só não vai para os favoritos por conta de duas coisas: dos cuidados exagerados da protagonista e do estilo de escrita da autora, que pelo menos com esse livro não conseguiu me cativar. Se eu recomendo? Muito, sobretudo para quem gosta de histórias envolventes.

22 Comentários

  1. Olá,
    Amei ler esse livro, no início a leitura é arrastada, mas depois ele fica ótimo e termina de forma que nos deixa roendo as unhas pra ler a continuação. Sem falar nessa capa puro amor <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! Hm. Nem me fale em unhas roídas! E a capa é lindona mesmo, né?
      Um beijo!

      Excluir
  2. Oi, Jeni! Primeiramente tenho que te agradecer pelo carinho no meu blog.
    Quanto ao livro eu não sou muito de ler sobre bruxas ou qualquer coisa sobrenatural - a não ser, é claro, que isso tenha alguma relação com a realidade, digo; com a forma de pensar das pessoas sobre a realidade.
    Mas sempre me interesso mais por livros sobre pessoas. Algo que mesmo sendo ficção me faça pensar "isso pode estar acontecendo nesse exato momento". Algo que amplie minha forma de pensar sobre as situações.

    conclusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vany! Que nada, menina. Há pouco tirei o dia para visitar e conhecer novos blogs mesmo!
      Hum. Jura? Sou suspeita para falar por ter gostado, mas esse é muito bom.
      Um beijo!

      Excluir
  3. Jeni, este é um dos livros que eu quero ler mas não sei porque ainda não o li. Todo mundo fala tão bem! Espero lê-lo em breve!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Caroline! Leia, menina! Vale a pena!
      Um beijo!

      Excluir
  4. Oie Jeni
    eu sei bem como o final desse livro é de deixar roendo as unhas para o próximo. Eu li os dois, e gostei muito mais do segundo.
    Não consegui me apegar a Cate nesse primeiro livro, mas no segundo ela acaba me conquistando.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jacque! Coisa de doido, né? Terminei a leitura sem unha nenhuma praticamente, por causa da ansiedade! E vou te contar um segredinho: eu também! Já terminei de ler o segundo e gostei bem mais!
      Um beijo!

      Excluir
  5. Oi Jeni!

    Que bom que gostou, eu estou curiosa pra ler faz um tempo. Gosto dessa divergência de personalidades entre os personagens, torna a trama muito interessante ^_^

    Beijos
    www.carolice.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, nunca li nada da autora mas agora to louca para ler HSUAUHS Acabei de ler um livro que fala de dons e poderes (A Intuitiva) mas não é de bruxas, acho o tema muito bom
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mandy! Obrigada, sua linda! Vale super a pena!
      Um beijo!

      Excluir
  7. Acredita que nunca li um romance paranormal? Mas tenho muita vontade, ainda mais esse que parece ser tão legal e tem uma capa tão perfeita.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lih! Recomendo muito esse para começar1
      Um beijo!

      Excluir
  8. Hey!
    Estou com esse livro na estante e pensando seriamente em começar, mas fico com aquele medinho de gostar demais e não ter o segundo em mãos!
    Então acho que vou esperar pra ler só depois que eu comprar o segundo, mas com certeza vou ler!

    Beijos! O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa! Menina, é melhor adquirir o segundo volume antes mesmo. Você vai ficar megacuriosa e roerá todas as suas unhas!
      Um beijo!

      Excluir
  9. Oi Jeni, tudo bem?
    Esse livro parece ser muito bom. Já li algumas resenhas, e todas bem positivas. Dica anotada, e espero poder conferir o livro em breve.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://amanda-almeida.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda! Tudo ótimo e com você?
      Ele é realmente muito bom!
      Um beijo!

      Excluir
  10. Amiga gostei bastante do desenvolvimento da sua resenha
    e fiquei sinceramente bastante curiosa para ler o livro, mas eu ainda tenho que comprar o segundo para ler tudo de uma vez só, porque essa história me parece bastante interessante, mas a única coisa que me desanima um pouco é saber que o livro tem umas partes que são um pouco paradas. Mas mesmo assim vou tirar minhas conclusões e espero gostar bastante, porque acho que só eu não li essa série ainda hahaahah...

    Se cuida minha amiga e muito sucesso pra ti

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Jeni!
    Eu não curti tanto como esperava este livro. Achei o início lento também, mas achei que o desenvolvimento do enredo oscilou muito; ora era instigante, ora era totalmente enfadonho. E isso me incomodou muito.
    Ainda estou decidindo se lerei o segundo livro e darei continuidade a trilogia. Mas fico feliz que tenha gostado bem mais que eu; isso é importante. :)
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro! Ah, sério? Que pena!
      Menino, LEIA! LEIA LEIA LEIA! O segundo está muito, muito, muito melhor que esse primeiro livro.
      Um beijo!

      Excluir

Gostou de alguma postagem? Deixe o seu comentário. Com esse pequeno gesto você vai me deixar muito feliz. Aliás, sempre respondo a todos. Se quiser conferir a minha resposta, é só voltar ao blog. Será sempre bem vindo por aqui.